Feeds:
Posts
Comentários

Dedico esse artigo á todas as mulheres que de alguma forma me passam algo e que já passaram, que me ensinam, que me inspiram. Não há como falar de todas, pois são muitas. Segue um pouco de cada uma delas:

“Delva” minha mãe, uma guerreira, generosa, serva de Deus, um exemplo de perseverança e fé, serva do Senhor, amiga e companheira.

“Dália” uma grande amiga da família, evangelista nata, um exemplo de serva do Senhor, o que você precisar sem dúvida ela estará pronta a te atender dentro de suas possibilidades. Na área social nunca vi alguém parecido, sempre predisposta á ajudar.

Minha irmã “Keila”, pelo seu coração, sua predisposição em ajudar outros, seu coração puro e desprendido das coisas materiais.

Minha Irã “Grazielle”, pela sua garra, sua inteligência e determinação.

“Raquel” minha líder, um exemplo de liderança e companheirismo, uma excelente professora, amiga e sem dúvida uma serva do Senhor Jesus, e que sempre tem algo a ensinar.

“Priscila Campos”, eita…, Amiga nota 10, integrante do Ministério Além, uma pessoa maravilhosa, super rosa rs, super especial na minha vida, serva do Pai, ungida, humilde e com uma voz linda.

Minha avó, “Maria Amaral”, pelo seu vasto conhecimento Bíblico, por passar horas lendo as escrituras sem nunca cansar disso.

Pra. “Clarisse”, esposa do meu pastor “Moises”, uma mulher sábia, sempre pronta a fazer a obra do Senhor e que possui um coração humilde.

“Fabrícia Alves”, líder da dança do Ministério Além, mulher de oração, líder nata, guerreira e profeta do Senhor, sedenta em conhecer Deus.

“Juliana Martins”, integrante do Ministério Além, sempre á ajudar, com muitas habilidades, serva de Deus e com um coração maravilhoso.

“Sonia Bernardes” ou “Soninha” para os íntimos, líder de intercessão do Ministério Além, mulher de Deus, ungida do Senhor, escolhida por Deus, serva fiel, profeta do Senhor, uma pessoa que me inspira á conhecer Deus, com uma intimidade com o Pai fora de sério.

Poliana Magalhães, integrante do Ministério Além, uma pessoa, amiga, cautelosa e com um coração puro e humilde.

Célia Bossi, uma pessoa maravilhosa, serva do Senhor Jesus, coração de ouro, sempre pronta a estender a mão, desprendida de coisas materiais e fiel ao Senhor.

“Elizabeth Bernardes”, “Betinha” para os íntimos, sem dúvida, uma pessoa maravilhosa e engraçada, super feliz, profeta escolhida, ungida e filha do Pai, não importa o que passa, sempre é grata por tudo que Deus tem feito. Separada por Deus, não há como não ver Deus nela.

Que Deus abençoe a cada uma com toda sorte de Benção!

Deus está procura de pessoas valentes que enfrentam os problemas de frente, que reconhecem suas limitações e se entregam a Ele. Deus procura crentes “águias” e não crentes “patos”, “galinhas”, “pardais” ou “codornas”, quero dizer que, Ele procura pessoas sinceras, humildes e que reconhecem e encaram seus erros, e que estão prontas para qualquer tempestade.

A águia é um animal incrível e podemos aprender muito, a águia quando enfrenta tempestade, ela não se esconde, voa por cima da tempestade, é algo tão incrível e fabuloso, se pudesse contemplar acho que não poderia me conter, é o único animal que pode fazer isso, você pode imaginar a grandeza disso? Voar por cima da tempestade e contemplar um “outro” céu.

Há crentes que, quando a tempestades se aproxima se escondem, tremem nas bases, não são crentes águias, na verdade são outras coisas, menos águia, mesmo porque não estamos sozinhos, Deus está conosco, a menos que você queria ficar sozinho.

A águia é um animal maravilhoso, majestoso e como podemos aprender com elas, são tantos os ensinamentos que elas nos proporcionam.

A águia é a ave que possui a maior longevidade, na metade de sua vida suas unhas já estão sensíveis dificultando a captura de suas presas nas quais se alimenta, seu bico afiado e pontiagudo se curva, suas penas envelhecidas e pesados pela gordura do tempo dificultam o seu vôo. Crêem que nesse período ela deve tomar uma decisão, aceitar a morte ou se renovar, um processo dolorido e penoso que durarão longos cento e cinqüenta dias.

Dependendo de sua espécie pode variar de trinta a quarenta anos, mas podendo chegar aos setenta anos se for realmente possível sua renovação.

As águias frágeis, sem coragem, cedem ao envelhecimento. As mais corajosas, valentes e audaciosas tomam uma decisão radical: refugiam-se no alto de uma montanha e iniciam um processo de automutilação. Interessante, como vimos as águias são corajosas, mas entre elas existem ainda algumas que são inda mais corajosas.
Muitos dizem que esse processo de automutilação para o prolongamento da vida não existe e que jamais foi constatado pelos ornitólogos. Se for verdade ou uma lenda, o fato é que podemos aprender muito com tudo isso.

Não se sabe como surgiu toda essa explicação e afirmação, se foi realmente pela Bíblia ou pela mitologia grega, com a famosa história da Fênix, uma ave muito parecida com a águia, que depois de morrer queimada renasce das cinzas. Nesse caso fico com os relatos que a Bíblia nos deixa, veja:

Salmos 103, versículos 3, 4 e 5:

3. Ele é o que perdoa todas as tuas iniqüidades, que sara todas as tuas enfermidades, 4. Que redime a tua vida da perdição, que te coroa de benignidade e de misericórdia, 5. Que farta a tua boca de bens, de sorte que a tua mocidade se renova como a da águia.

Será que Davi realmente sabia desse processo ou foi inspiração divina?

Livro de Jó, capitulo 39, versículo 27:

Ou se remonta a águia ao teu mandado, e põe no alto o seu ninho?…

Se você ler os capítulos 38, 39 e 40 do livro de Jô poderá notar algo muito forte e lindo, Deus convence Jó de sua ignorância, não somente sobre águias, mas em diversos assuntos, Jó não compreendeu e nem nós iremos sem a revelação d’Ele.

Isaias 40; 31

Nesse capitulo Deus envia uma mensagem de consolo a respeito da volta do cativeiro. O cativeiro e exílio foram os resultados dos pecados do povo de Deus.

Nos versículos 27 – 31. O povo estava temeroso e desanimado, o profeta aqui os lembra da grandeza do Senhor, e que a maior força humana é insuficiente para enfrentar os desafios da vida, Ele é que nos dá forças e as renova, no versículo 31, “Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão”.

Foto / imagem de: Desconhecido
Biografia: Bíblia NVI
http://www.wikipedia.org

Testemunho da Jill e Brooke Fraser (HillSong)

Ministramos nessa quinta feira dia 26, no VI Congresso “Vaso Novo”, na Igreja Graciosa Paz Em Contagem, uma igreja que tem sido um exemplo para mim e para todos do ministério Além.
Ministramos o louvor, mas quem levou a mensagem foi o pastor Fabinho da Igreja Presbiteriana. Foi uma mensagem incrível, que me marcou muito, uma mensagem de Deus.
Foi nos apresentado na passagem que está no livro de Êxodo 13.
O caminho mais longo foi à chave, ele nos deu exemplos baseados na caminhada do povo em meio ao deserto, e exemplos pessoais.
O caminho do povo Hebreu segundo estudiosos era para ser feito em no máximo seis meses, mas foi percorrido em quarenta anos. Porque quarenta anos?
O Egito tinha que ser retirado do povo, eles foram libertos, mas o Egito ainda estava impregnado neles.
Meus irmãos, vamos seguir o caminho que Deus quer, não vamos pegar atalhos, pois os atalhos sempre são caminhos mais longos.
Vamos ser cristãos maleáveis, Deus quer trabalhar em nós, mas muitas das vezes nos retraímos, nos fechamos. Se formos cristãos desobedientes, imaturos, adolescentes mimados, Deus vai fazer com que nossa caminhada demore muito mais do que era para ser. Quando escrevi adolescente mimado, me refiro ao que muitos cristãos tem sido, vinte anos de convertido, mas não age como tal. Acha que Deus existe para cumprir as suas vontades, ou que o mundo gira ao seu redor.
Enquanto formos como adolescentes mimados, vamos caminhar quarenta anos para aprender, se não for mais.

Escolha o caminho na qual Deus escolheu para você seguir, mesmo que pareça longo, creia que esse será o melhor caminho.

Tiago Amaral sol20ceu20azul20caminho

John Stephen Akhwari, da Tanzânia, fica mundialmente famoso após completar a maratona em último lugar, com a perna enfaixada e o joelho deslocado por uma queda. Interrogado depois pelos jornalistas porque havia continuado assim mesmo, foi simples e humilde na resposta: “Meu país não me mandou aos Jogos Olímpicos para começar a maratona, mas sim para terminá-la”.
É o cara né!
Um exemplo para todos nós!
Agora, toma vergonha na cara e vai correr também!
Brincadeira, através da experiência desse homem podemos perceber algo tão maravilhoso.
O esforço que John mostrou para completar a corrida é a mesma determinação que em Hebreus é relatado: “…corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta, olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz” (Hebreus 12:1-2).
Jesus Cristo deu muito mais do que John Stephen Akhwari deu. Nosso Senhor correu num caminho cheia de dor, sofrimento e angústia. No final da corrida, tudo indicou que ele tivesse perdido, pois terminou numa morte vergonhosa numa cruz. Porém, ele estava cumprindo o plano e as promessas do seu Pai. Três dias mais tarde, ele ressurgiu do sepulcro “Ressuscitou” e, voltou à destra do Pai.

 

O objetivo desse artigo é fazer com que você leitor, compreenda o mecanismo da produção de sua voz e como cuidar melhor da mesma.Temos visto ao longo do tempo o quanto é importante a preparação vocal para um profissional da voz e para outros que se preocupam com esse instrumento. Uma voz mal preparada pode – ao longo do tempo – gerar problemas sérios, que muitas das vezes são desastrosos. Vamos analisar alguns pontos importantes para quem deseja conhecer melhor a sua voz e alguns princípios para mantê-la em boas condições, para até mesmo um uso profissional.

A voz humana

A voz humana é produzida pela vibração do ar, que é expulso dos pulmões pelo diafragma e que passa pelas pregas vocais e mais tarde é modificado pela boca, lábios e a língua.

O Timbre

O timbre da voz humana é dependente de várias cavidades que vibram em ressonância com as pregas vocais. São elas: Cavidades Ósseas, Cavidades Nasais, Boca, Garganta, Traquéia, Pulmões e Laringe.

A Freqüência da voz humana

A mais baixa freqüência que pode ser audível a um ser humano é mais ou menos a de 20 hertz (vibrações por segundo), enquanto a mais alta se encontra entre 10.000 e 20.000 hertz.

Postura

A postura do profissional da voz é de grande importância, deve ser tratada com muito valor. No caso do cantor, faz-se ainda mais importante. A postura do cantor é um fator primordial na execução do som; uma má postura dificulta a passagem de ar e a ressonância, alterando até mesmo o timbre de voz. A pessoa deve se posicionar distribuindo o peso do corpo entre os dois pés, observando em seguida um encaixe perfeito da cintura pélvica (quadril), em equilíbrio com os ombros e mantendo um ângulo de 90 graus para o queixo. Deve manter ainda os joelhos levemente flexionados, a postura militar -de peito para frente, barriga para dentro, joelhos para trás e calcanhares afundados no chão- é extremamente desconfortável, falsa e prejudicial à saúde, pelas altas tensões musculares proporcionadas.

Relaxamento

A produção sonora do ser humano está ligada como um todo, desde a postura corporal ao funcionamento íntimo de órgãos e sistemas biológicos. As tensões musculares são responsáveis por dificuldades respiratórias, articulatórias e demais envolvimentos da produção da voz e da fala. Existem vários tipos de relaxamento, dependendo do nível de tensão a que estamos sujeitos.Um tipo de exercício que pode ser feito independente de análise é a soltura das articulações com movimentos giratórios lentos, indo do pescoço, ombros, braços até a cintura, joelhos e tornozelos.

Respiração

A respiração é base de toda a técnica de canto. A ela estão diretamente ligadas a afinação, colocação e volume da voz e resistência do cantor. A melhor forma de se respirar é através do diafragma, pois assim você respira fundo, levando ar novo a todos os minúsculos alvéolos que formam o tecido dos seus pulmões e retirando deles o gás carbônico que precisa ser eliminado.

Ressonância Vocal

O ar vibra e se coloca de forma diversificada nas cavidades de ressonância, conforme os tons – sejam graves, médios ou agudos. Nos graves, o ar sai dos pulmões e vibra na parte anterior do céu da boca, e um pequeno filete vibra nas fossas nasais. O movimento é maior para fora.Nos médios, o ar divide-se igualmente para as fossas nasais e o céu da boca, vibrando com mais intensidade na parte posterior deste. O movimento é para dentro e para fora. Nos agudos, o ar vibra nas cavidades da cabeça, seios paranasais, nariz e seio frontal. O movimento é mais para dentro. É a chamada “voz de cabeça” ou falsete.

Timbre, Intensidade e Altura

Timbre é a qualidade vocal, aquilo que caracteriza uma voz dando-lhe personalidade. Não há timbres iguais, apenas semelhantes; é o que chamamos de identidade vocal. Intensidade é a qualidade que diferencia a voz forte da voz fraca e depende da amplitude de vibração das cordas vocais, da emoção e vontade de quem canta. Altura é a qualidade que diferencia a voz grave da aguda. A altura da voz depende da extensão e espessura (ou massa) das cordas vocais.

Preparação vocal

Faça uma inspiração dissociada (abdominal + intercostal), faça exercícios de aquecimento como massagens faciais e corporais, vibrações linguais (rrrrrr) ou labiais (brbrbrrrrrr), rotação de língua.

Exemplos:

Aquecimento Vocal – Tempo mínimo: 30 minutos

Alongamento – cabeça, pescoço e ombros;
Respiração – emissão do “s” e “z” prolongado (respiração diafragmática);
“Hum” mastigado – fazendo escala;
Vibração de língua – escala ascendente;
Vibração de lábios

Desaquecimento Vocal – Tempo mínimo: 10 minutos

Massagem digital laringe;
Vibração de língua ou lábio – escala descendente;
Voz salmodiada – “voz de padre”;
Bocejo – suspiro;Repouso vocal.

Dicas importantes:

* Mantenha-se sempre hidratado, bebendo pelo menos dois litros de água por dia, até sua urina estar transparente. Suas pregas vocais estarão em boas condições de vibração.
*Mantenha uma dieta balanceada, pois a fala requer um suporte energético. Evite o excesso de gordura e alimentos condimentados, o que dificulta o processo digestivo, limita a respiração e reduz a energia disponível para a fala. Além disso, pouco antes de dormir ingira apenas alimentos leves e de fácil digestão.
*Faça exercícios regularmente.
*Relaxe a musculatura do corpo, principalmente a do tronco.
*Através de exercícios técnicos, um aquecimento vocal é sempre fundamental antes de cada apresentação.
*Após a apresentação, faça repouso vocal.
*Procure ter ciência do que vai cantar. Isso evitará frustrações por medo, timidez, ansiedade, etc. No caso de uma melodia nova, procure estudar o texto em “off “. Isso lhe trará maior segurança posterior.
*Abomine o uso de bebidas alcoólicas, drogas e fumo, dando ênfase especial à maconha, cuja aspiração provoca superaquecimento no complexo vocal, tornando a voz mais grave.
*Não exagere na ingestão de bebidas quentes em excesso (chá, café, chocolate).
*Cuidado com mudanças bruscas de temperatura. Evite contato próximo com ar condicionado e ventiladores. Se isso não for possível, aumente a ingestão de água à temperatura ambiente.
*Nada de esforços vocais desnecessários, como gritar e falar alto. Evite falar demais ao telefone.
*Durma bem, pois o descanso é um grande aliado para uma boa voz.
*Aprenda a ouvir sua voz e reconhecer suas características. Aprenda a reconhecer suas sensações de esforço vocal e tensões desnecessárias, a fim de tratá-las.
*Use roupas confortáveis; tente evitar as que sejam apertadas, principalmente na garganta, peito, cintura e abdômen.
*Quando estiver gripado, ou com alguma alteração vocal, procure falar menos.
*Nunca se automedique; não tome remédios sugeridos por leigos, nem chás ou infusões de efeito desconhecido.
*Evitar cochichar. Quando cochichamos, submetemos nossas pregas vocais a um grande esforço provocando um desgaste muito maior do que se conversarmos normalmente.
*É extremamente prejudicial cantar exaustivamente em ambientes de muito barulho, ou sem tratamento acústico adequado.
*Evite cantar se não estiver bem de saúde.No próximo artigo veremos sobre extensão vocal.

Tiago Amaral – 2008